The Bolt Collection

  • Written on:
Pharrel%20williams%204

Leia a entrevista exclusiva que fizemos ao Usain Bolt.

PUMA foi seu patrocinador por muitos anos. Esta é a primeira vez que você ajudou no desenvolvimento de produtos?
Eu trabalho com a equipe da PUMA ajudando no necessário de forma regular, para ter certeza de que o desenho de tênis para as pistas e que sua performance cumpra com o que preciso. Também já dei idéias de cores e desenhos. Mas esta é a primeira vez que trabalho de perto em uma gama amplia inclusive nas roupas.

Qual foi a melhor experiência de trabalhar com a PUMA para desenhar tua própria coleção?
É difícil escolher só uma parte quando toda a experiência foi incrível para mim. Durante meu desenvolvimento profissional, vi atletas criando suas próprias coleções e sempre foi algo que eu quis fazer também. Quando PUMA me ofereceu a oportunidade, não pude conter minha emoção! Poder dizer que desenhei minha própria linha de roupa é um sentimento maravilhoso. Vou treinar e para as festas com as roupas que eu ajudei a fazer – quem não gostaria disso!

O que você acha das cores dos tênis Bolt YugoRun?
Amo as cores e o desenho dos tênis e a coleção em geral. Eu disse para a PUMA o que queria para um treinamento e colocaram tudo junto em um excelente produto. Eu queria uma aparência na qual eu pudesse treinar ou sair, mas tinha que ser versátil e colorido. Queria cores chamativas, como roxo, dourado e preto. Estas cores são perfeitas e exatamente o que eu queria. Acho que as pessoas vão amar assim como eu.

Bolt Collection foi baseada em um elemento básico chamado Bolt Crest; conte-nos um pouco disso.
A crista significa muito para mim. Eu ajudei a PUMA a desenhar os símbolos, cada um representa um pedaço de mim, minha historia e meu país. Colocamos os símbolos para que formassem uma crista, o que está na maioria da coleção. A pista serve como o contorno da crista, com um leão de cada lado. O leão é o símbolo da Jamaica e eu sou de leão, por isso realmente me interessava que isso estivesse incluído. Meu sobrenome está acima e o nome de minha pose, “To Di World” (para o Mundo), está ao redor do fundo, conectando os dois leões. No meio estão minhas iniciais e um raio de luz. Acho que a mancha de cor roxa foi um grande toque. Tudo na crista está conectado e se junta, o que é uma forte representação de mim e meu país.

Você acha que os Jamaicanos vão usar a coleção?
Absolutamente. Eu conheço o gosto das pessoas da Jamaica que é parecido com o meu. As cores escuras com gráficas brilhantes vão realmente falar com as pessoas. Eu quis mudar algumas coisas em minha coleção e acho que as gráficas altas e cores brilhantes vão ser um grande sucesso. Além disso, você pode usá-la tanto para treinamento nas pistas, na academia ou simplesmente para passear na rua; você não vai ter erro com essa coleção. Eu gostaria que não só os jamaicanos gostem de minha coleção! Já que vamos vendê-la em todo o mundo.

Qual foi sua função no desenho desta coleção?
Eu estive envolvido no processo do começo ao fim. No começo tive que ir checar diferentes telas e trabalhar com as pessoas da PUMA. Eu escolhi muitas telas leves já que queria que as pessoas pudessem treinar ou dançar sem estar oprimidas. Também falamos muito no começo sobre o desenho da crista. Eu tive a palavra em todo o processo. Todas as cores da coleção foram escolhidas por mim. Para o final do processo tive que ver as mostras e fazer comentários sobre o que tinha que mudar ou o que eu gostava. No final estive 100% no processo e se transformou exatamente no que eu queria que se transformasse. 

Running